sábado, 4 de dezembro de 2010

2° Domingo de Advento

Chegou a hora de acendermos a segunda vela da coroa do Advento...


"A segunda vela acesa nos convida ao desejo de conversão, arrependimento dos nossos pecados e também o compromisso de prepararmos, assim como São João Batista, o caminho do Senhor que virá. Esta vela lembra ainda a fé dos patriarcas e de São João Batista, que anuncia a salvação para todos os povos."





Nosso Pai e Fundador nos recomenda uma belíssima leitura e reflexão para o tempo do Advento:



"Se quiserem ler algo singularmente claro e belo, e despertá-lo na alma, então deixem atuar sobre si as Antífonas do Ó. Leiam como aí é descrito o Salvador que vem, vejam sobre que imagens e grandes pontos de vista Ele é apresentado. Deixem ecoar na alma todo o grande mar de saudade, amor e penitência que aqui se resume em breves palavras. Assim talvez, começou também, a seu tempo, a nossa vida espiritual. Assim deve representar agora um renovado começo.(...)

Se acharem bom e sentirem prazer, rezem as Antífonas do Ó com grande cordialidade e intimidade, todos os dias. Mas lembrem-se da tríplice vinda do Salvador, do Mestre e do Esposo das almas. E deixem consoar e ecoar, mais fortemente, os sinos da verdadeira alegria do Advento. Com a Igreja rezamos:

Ó Sabedoria da boca do Altíssimo, que abrange o começo e o fim e compenetra tudo com sua força e brandura! Vem, mostra-nos o caminho do reconhecimento.

Ó Adonai, Deus forte, condutor da casa de Israel! Aparecestes a Moisés no fogo da sarça ardente e lhe deste a lei do Sinai. Vem, salva-nos com teu braço levantado.

Ó rebento da raiz de Jessé e estandarte dos povos! Em tua frente emudecem os reis e os povos clamam por ti. Não tardes mais, vem libertar-nos!


Ó chave de Davi e cetro da casa de Israel! Tu abres e ninguém fecha, tu fechas e ninguém abre. Vem e liberta os cativos que jazem no cárcere no meio das trevas e das sombras da morte.


Ó Oriente, Tu surges, brilho da luz eterna e sol da justiça! Vem e traze-nos tua luz, traze-a a todos os que jazem nas trevas e nas sombras da morte.


Ó Rei dos povos, saudade de todos os homens, pedra angular que reúne o que estava separado! Vem e salva os homens que criaste do barro.


Ó Emanuel, nosso Rei e Juiz, saudade dos povos e Redentor! Vem salvar-nos, Senhor Deus nosso!"



(Pe. José Kentenich - Homilia de 6 de dezembro de 1931)




Que meu nome seja uma estrela neste novo Belém!

Que meu nome seja uma estrela nesse novo Belém!

Através do site oficial do Movimento de Schoenstatt, há alguns anos, é possível enviarmos nossos nomes para ser uma estrela no Santuário Original, na Noite Santa do Natal...



Clique aqui
e faça com que seu nome também seja uma estrela para o Menino Jesus!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

MAIS NOTÍCIAS