domingo, 11 de setembro de 2011

CAMINHANDO EM ALIANÇA


Vocês se lembram que no último no. do UNILAFS, no tópico – Caminhando em Aliança – ficamos de dar algumas pistas para entender, na prática, o que significa uma cultura da Aliança.
Pois bem, lá vão elas:

a) É uma cultura marcada pelo selo do divino: tem uma raiz religiosa, integrando o divino à vida, vinculada a um lugar e a um Deus pessoal, de modo confiante, afetivo e co-responsável.

b) É uma cultura do amor, que serve à dignidade e plenitude da pessoa: faz possível a dinâmica do amor, por isso se fundamenta na liberdade, gerando vínculos de solidariedade e tendendo a uma plenitude que dá sentido.

c) É uma cultura que promove e privilegia a vivência e a partir dela integra todas as esferas do humano.

d) É uma cultura que conhece a pedagogia como caminho, permitindo a diversidade e a originalidade, abarcando todas as etapas e dimensões da vida humana.

e) É uma cultura que anuncia a família e o familiar como seu projeto social e cultural: suscita uma cultura da comunhão, do diálogo, do encontro; possibilitando ambientes familiares, com exercício da autoridade ao serviço da vida, fortalecendo as virtudes sociais e o respeito pela pessoa.

É uma cultura dos vínculos, destacando especialmente o vínculo às pessoas, aos lugares e às idéias. ( Congresso de Outubro de 2010)



Margarida Bailão - LAFS São Paulo/SP

Nenhum comentário:

Postar um comentário

MAIS NOTÍCIAS